sábado, 19 de fevereiro de 2011

Cristo e o Espírito Santo são a mesma pessoa?

Era só o que faltava. Nunes disse que o Espírito Santo e Jesus “são a mesma pessoa” e, o pior: “com base” nos escritos de Ellen White.
Não sei o que se passa na cabeça de uma pessoa para afirmar uma coisa dessas. Só Deus pode explicar. “Interessante” é que noutro comentário ele afirmou que “o Pai e o Filho partilham do mesmo espírito”, ou seja: “têm” um espírito (como se Deus fosse humano...)
Afinal: o Espírito Santo é um "espírito impessoal de Deus e de Cristo" ou é "o próprio Cristo"? Nunes tem que decidir com qual das teorias ficará. (Recomendo que não fique com nenhuma delas)
Os dissidentes não são contraditórios por maldade. Vejo em muitos deles pessoas sinceras, em busca de respostas para seus conflitos internos. O diabo, como é covarde, cega a pessoa de tal modo que ela não vê que possui duas teorias totalmente distintas sobre a Terceira Pessoa da Trindade e que isso a levará à perdição eterna caso não mude.
Porém, nesse blog tais pessoas terão ajuda, se quiserem. Creio que Deus pode libertá-las das trevas.
Alguns textos bíblicos serão suficientes para levar Nunes a refletir e a abandonar de vez (se quiser) tal ensino horroroso. Se Jesus e o Espírito são a mesma pessoa:
1) Foi o próprio Cristo quem guiou a si mesmo no deserto da tentação? – Mt 4:1
2) Foi o próprio Cristo que desceu sobre Seu próprio ombro por ocasião do batismo? – Mt 3:13-17 (Barbaridade, a que ponto temos que chegar...)
3) O Pai enviou a Cristo em nome do próprio Cristo? – Jo 14:26
Com base nesses textos e em João 10:30 podemos entender a citação de Ellen White no Manuscript Releases, p.p. 23, 24. Leiamos o texto primeiramente: “Eu e o Pai somos um.”
O fato de Jesus dizer que Ele e o Pai são um significa que o Pai e o Filho “são a mesma pessoa”? Não! Cristo apenas usou uma força de expressão para destacar a unidade que existe entre Ele e o Pai.

Do mesmo modo, quando Ellen White escreveu no Manuscript Releases que “O Espírito Santo é Ele mesmo [Jesus]” ela também está usando uma força de expressão para destacar a unidade que há entre Cristo e o Espírito Santo.

Prova disso encontramos na própria autora que afirma ser o Espírito Santo um ser distinto de Cristo:


Veja agora esse texto bíblico que dá um golpe mortal na teoria dos dissidentes:

“ Ouvindo eles isto, enfureciam-se no seu coração e rilhavam os dentes contra ele.  Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita, e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus.” (At 7:54-56)

Aqui o Espírito Santo é claramente distinto do próprio Cristo. O Espírito está com Estêvão enquanto que Jesus está ao lado de Deus Pai!

Se Cristo fosse o mesmo Espírito, veja como ficaria a fórmula batismal de Mateus 28:19 (que comprovadamente está no original grego):

“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e em nome do Filho de novo”

Pode uma pessoa que estuda a Bíblia e teme a Deus continuar acreditando na heresia de que Cristo e o Espírito não são pessoas distintas?

“O tempo decorrido não operou nenhuma mudança na promessa dada por Cristo ao partir, promessa esta de enviar o Espírito Santo como Seu representante(Atos dos Apóstolos, p. 50). Ellen White diz que o Espírito é o representante de Cristo e não “o próprio Jesus”! Afinal, como alguém poderia “ser representante de si mesmo”?

52 comentários:

  1. O irmãos Nunes está equivocado ao afirmar que "o Espírito Santo e Jesus é a mesma pessoa". Algumas provas bíblicas de que o Espírito Santo não é Jesus:

    a) O Espírito Santo é um outro Consolador, procedente do Pai e do Filho ( Jo 5.32;14.16-17,26;15.26;16.7,13);

    b) Era necessário que Jesus fosse, a fim de que o Espírito Santo viesse (Jo 16.5-15);

    c) O Filho fora enviado antes que o Espírito Santo viesse (Jo 3.16; At 2.2-4);

    d) O Filho pode ser blasfemado e o pecador culpado disso encontra o perdão. Mas se alguém comete blasfêmia contra o Espírito Santo, essa pessoa não terá perdão. Isso prova existência de duas Pessoas distintas (Mt 12.31-32; Mc 3.29-30 e Lc 12.10);

    e) Os samaritanos haviam recebido Jesus, mas ainda não tinham recebido o Espírito Santo (At 8.5-25);

    f) O Espírito Santo não veio falar de si mesmo ou glorificar a si mesmo, mas, sim, a Jesus (Jo 16.7-15);

    g) A descida do Espírito Santo no Dia de Pentecostes foi a prova de que Jesus havia chegado ao céu, onde assentou-se à destra do Deus Pai. Isso é mais uma prova da Trindade (JO 7.39; At 2.33-34);

    h) Jesus afirmou, mesmo depois da ressurreição, que Ele não era um ser em espírito. Portanto, Ele não podia ser nem o Pai nem o Espírito Santo, pois esses são seres espirituais (Lc 24.39; Jo 4.24; 14.16-17,26; 15.26; 16.7,15);

    i) Distinção muito clara é feita entre os nomes das três Pessoas da Trindade (Mt 28.19; 2Co 13.13).

    Espero ter tirado todas as dúvidas do Unicista (dinimuidor de Deus) Nunes.

    ass: Divalcir da Silva - AC

    blog: www.defesagospel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi

    Achei seu blog e gostei mto da ideia...

    Tb gosto muito desse tema e gostaria de falar sobre isso com vc...

    Passa no meu cantinho depois

    ResponderExcluir
  3. O espírito Santo existe, é real e sinto sua presença mt forte em minha vida, me convencendo dos meus pecados e fazendo com que minhas orações cheguem até o trono de graça de Deus.Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  16. Vamos responder às frágeis argumentações do dissidente que se identifica como Pereira:

    Ele citou um texto do livro "O Grande Conflito", p. 493, para tentar "provar" que não existe o Espírito Santo.

    Ele deveria ter citado o texto todo e também outras declarações de Ellen White sobre a Trindade - como a do livro "O Desejado de Todas as Nações", que você lerá no final desta resposta.

    Vamos ler o texto que ele mencionou:

    "Antes da manifestação do mal, havia paz e alegria por todo o Universo. Tudo estava em perfeita harmonia com a vontade do Criador. O amor a Deus era supremo; imparcial, o amor de uns para com outros. Cristo, o Verbo, o Unigênito de Deus, era um com o eterno Pai - um na natureza, no caráter e no propósito - e o único Ser em todo o Universo que poderia entrar nos conselhos e propósitos de Deus. Por Cristo, o Pai efetuou a criação de todos os seres celestiais. "NEle foram criadas todas as coisas que há nos céus ... sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades (Col. 1:16); e tanto para com Cristo, como para com o Pai, todo o Céu mantinha lealdade."

    Se você ler esse texto na íntegra - levando-se em conta O TEMA DO GRANDE CONFLITO abordado por ela, verá que EM RELAÇÃO ÀS CRIATURAS - COMO LÚCIFER, por exemplo - Cristo era o ÚNICO que pedia "entrar nos conselhos e propósitos de Deus". Ela não está constrastando Cristo e o Espírito Santo e sim Jesus e Lúcifer!

    Como Pereira irá justificar a heresia dele após análise imparcial do texto?

    E, para piorar as coisas, trazendo ainda mais juízo para si, Pereira cita 1Co 2:11 que mostra claramente ser o Espírito Santo TAMBÉM capaz de penetrar nos segredos de Deus! Não sei com que objetivo o dissidente citou esse texto, mas, uma coisa fica clara: 1 Cor 2:10,11 apresenta OUTRA PESSOA DIVINA fazendo parte da Divindade.

    Sendo que este blog já provou que o Espírito e Cristo são PESSOAS DIFERENTES, não fica difícil concluirmos que Ellen White e Paulo estão destacando contextos diferentes e não entrando em contradição. Ellen White em "O Grande Conflito", p. 493, destaca a Cristo; Paulo, em 1Co 2:10, 11, destaca OUTRA PESSOA DIVINA: O Espírito Santo.

    Para finalizar, cito um trecho de Ellen White em que ela mostra ser TRINITARIANA. E não podia ser diferente. Afinal, ela não era uma herege:

    "Não foi senão depois da ascenção de CRISTO para Seu PAI, e do derramamento do ESPÍRITO SANTO [não Cristo derramando a si mesmo!] sobre os crentes, que os discípulos apreciaram plenamente o caráter e a missão do Salvador" (O Desejado de Todas as Nações, p.p. 506, 507.

    Pereira ainda terá a coragem de negar que Ellen White era Trinitariana?

    ResponderExcluir
  17. Para compreender corretamente a declaração do Manuscript Releases, p.p. 23, 24, leia:
    http://emdefesadoespiritosanto.blogspot.com/2011/02/cristo-e-o-espirito-santo-sao-mesma.html

    Tomara que Pereira permita ao Espírito iluminá-lo.

    ResponderExcluir
  18. Veja as declarações a seguir da carta de W. C. White citada por Pereira. Tal dissidente teve a audácia de afirmar que, nessa correspondência, o filho de EGW revela que ele e a mãe não criam na Trindade.

    Sobre o posicionamento de EGW a respeito da personalidade do Espírito Santo, diz a carta citada: "Isso eu não posso fazer porque eu nunca entendi claramente seus ensinos sobre esse assunto".

    O autor da carta disse que não podia afirmar algo explícito sobre o posicionamento de EGW, MAS, Pereira pôde...

    Outra citação que destaco da carta:

    "...eu concluí que pode haver personalidade sem uma forma corpórea a qual o Pai e o Filho possuem."

    ONDE nessa declaração a personalidade do Espírito é negada?!


    [Nota: se o filho de EGW não compreendia plenamente a Trindadade como nós, qual é o problema nisso? Ele tinha toda a luz que a teologia possui hoje? Por acaso W. C. White é nossa regra de fé e prática? Tenho certeza que ele ficaria pasmo com a atitude de alguns dissidêntes em colocar pioneiros acima da Bíblia.]

    ResponderExcluir
  19. Ridículo o comentário de Pereira sobre o significado do termo "espírito".

    Se a palavra não pode ser usada a seres pessoais, como explicar:

    1) Que o Pai é "espírito"? - Jo 4:24.
    2) Que os anjos são espíritos? - Hb 1:14.
    3) Que seres humanos vivos são chamados de Espíritos? - Hb 12:22, 23.

    Pereira tem que aceitar o fato de que uma palavra, mesmo sendo de gênero neutro, pode significar uma PESSOA dependendo do CONTEXTO no qual ela se encontra.

    [Nota: É muita má fé afirmar que são "simbólicas" as características pessoais que a Bíblia atribui ao Espírito Santo! Que nos sejam apresentadas as "provas" para tamanha aberração teológica!]

    ResponderExcluir
  20. Pereira cita "A Ciência do Bom Viver", p.p. 421, 422 sem nos dizer com que propósito o fez. NADA há no texto que negue a doutrina da Trindade, pelo contrário: Veja o que ela diz sobre o Espírito Santo na p. 94 do mesmo livro:

    "O onipotente poder do Espírito Santo é a defesa de toda alma contrita."

    Como deveríamos traduzir o texto? "O onipotente poder do poder"?

    CLARAMENTE EGW AFIRMA QUE O ESPÍRITO SANTO NAO É UM PODER: ELE TEM TODO O PODER!

    Isso prova que o antitrinitarianismo de Pereira vem do príncipe das trevas.

    ResponderExcluir
  21. Pereira cita "Primeiros Escritos", p.p. 54, 55 e pergunta: "qual é a forma do Espírito Santo?"

    O Espírito Santo exalta a Jesus e ao Pai e não a Si mesmo (Jo 14:26). Por isso, não encontramos na Bíblia textos que mostrem-no assentado em um trono como os demais membros da Divindade.

    Porém, as características pessoais e Divinas atribuídas a Ele (Ef 4:30; At 13:2; Mt 12:31, 32; 1Co 2:10,11) e a Sua aparição em forma de uma pomba (Mt 3:13-17) são suficientes para todo cristão sincero aceitar que Ele é um Ser Pessoal e Divino!

    ResponderExcluir
  22. Pereira diz que a doutrina da Trindade é católica e que a mesma foi criada no Concílio de Nicéia em 325. Para que você possa refutar essa afirmação horrorosa - que não possui embasamento histórico - leia a excelente resposta elaborada pelo Dr. Rodrigo Pereira Silva [que não é o dissidente com o qual estou tratando] em:

    http://www.centrowhite.org.br/antigo/textos.pdf/03/parousia_iii.pdf

    Uma pergunta: POR QUE O DISSIDENTE - PARA NEGAR A TRINDADE - CITA A ENCICLOPÉDIA CATÓLICA E, PARA DEFENDER O UNITARIANISMO, CITA A BÍBLIA DE JERUSALÉM, QUE É UMA VERSÃO CATÓLICA?

    A resposta só pode ser uma: ele cita o que mais convém a sua heresia. Onde está a honestidade intelectual?

    ResponderExcluir
  23. Pereira afirmou que "Mateus 28:19 não está no original grego".

    Como o poquíssimo que sei de grego é suficiente para mostrar o absurdo de tal afirmação, noutro momento postarei um artigo sobre o assunto.

    O comentário dele foi deletado por que é o mesmo dos demais dissidentes.

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  33. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  34. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  37. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  38. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  40. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  41. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  43. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  44. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  45. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  47. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  48. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  49. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  50. "Quando a Sra. White faz esse afirmação, está fazendo o óbvio: - A mente de Jesus faz parte dele! O espírito santo é a "mente", tanto de Jesus como do Pai, mente em comum."


    Aham...

    Mas como vc explica Romanos 8:27?

    ResponderExcluir
  51. Pereira...

    Eu sou trinitariano não porquê o pastor da minha Igreja mandou eu ser assim.

    Não!!!

    Sou trinitariano por plenas convicções Bíblicas e dos Testemunhos.

    Estudo este tema desde os meus 14 anos (atualmente, tenho 19 anos). Desde esta idade, acesso sites de antitrinitarianos e estudei a fundo o tema.

    Porém, não me convenci!


    Eu não me sinto enganado, mas sim, salvo pelo poder do Espírito Santo!

    Abraços,

    Shalon.


    P.S: Pelo jeito, vou queimar no inferno até virar cinza junto com o Leandro em... rsrs

    ResponderExcluir
  52. Recebi o comentário a seguir e partilho com os amigos:



    Nossa Leandro...

    Como o Pereira é "chato"... rsrs

    Sabe aquelas pessoas que não foram convidadas para a festa e ficam "atazanando" para entrar? rsrsrs

    Outra coisa...

    Estamos na era digital, século XXI... "converter" alguém mandando uma "avalanche" de texto, ao estilo CTRL+C /CTRL+V, não dá certo nem aqui, nem na China...

    Ninguém merece em Pereira... rsrs


    Eu sou jovem (tenho 19 anos) e lhe digo uma coisa Pereira:

    Com este estilo de pregação, você só vai afastar os jovens do caminho de Cristo...


    Acorda enquanto é tempo Pereira!!!

    ResponderExcluir